07 Dezembro 2009

"Qual a importância dos impostos locais, no sentido de tornar os concelhos mais atractivos?"

Os impostos locais não são por si só um factor exclusivo para tornar os concelhos mais atractivos. São contudo um instrumento muito importante, desde que integrado numa estratégia global com esse fim, que não existe no Barreiro. Urge definir uma estratégia de fixação de empresas, de modo a fomentar o emprego e o desenvolvimento económico sustentado.

É também decisivo reflectir sobre a contínua diminuição populacional do Barreiro, situação ímpar na área metropolitana de Lisboa, e com um PDM moribundo que prevê uma população de 210.000 habitantes.

Os impostos locais têm um significado político e económico que vai muito além do carácter economicista que lhes foi atribuído pela CDU nas propostas que a sua maioria absoluta fez aprovar, numa lógica de preocupação exclusiva de necessidade de receita para o município.

O executivo CDU optou por taxar o máximo que lhe era possível no Imposto Municipal sobre os Imóveis, DERRAMA e Fixação da Participação Variável no IRS, o que é uma contradição chocante se atendermos à propaganda que advoga a nível nacional e num cenário de crise económico-social que tanto tem afectado as empresas e as pessoas, à qual o Barreiro não escapou.

A CDU não quis aliviar a carga fiscal dos barreirenses, como o PSD propôs de forma responsável e sem diminuir significativamente a receita do municío, mas com claros benefícios para as pessoas e empresas.

Hugo Cruz
Deputado Municipal PSD
in Jornal do Barreiro - Tribuna da Assembleia - 04/12/2009

1 comentário:

  1. sera que mesmo os impostos sao importantes para o desenvolvimento da sociedade? se `e porque razao `e assim considerado?

    ResponderEliminar